Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

foi assim que escolhi

foi assim que escolhi

Sobre mim!!!!

Olá a todos. A minha entrada na blogosfera não foi programada. Aconteceu um pouco a medo. Não gosto da exposição que isto poderia trazer para a minha familia, sendo que o marido é contra tudo o que esteja relacionado com mostrar a cara dos nossos filhos. Por isso mesmo aqui estou a tentar cumprir com uma série de regras que impus a mim mesma e poder dar um novo rumo à minha vida.

Sim, quero mudar de vida. Queria ser mãe a tempo inteiro!!!! Ou então queria ser dona e senhora do meu negócio e acima de tudo fazer uma coisa que goste.

Tenho uma licenciatura em Eng. Ambiente e sempre tive a sorte de poder exercer a minha profissão nesta área. De há uns tempos para cá, e em algo que eu não controlo, deixei de gostar de fazer as coisas e a sentir-me bem no meu trabalho. E, pior do que isso, deixei de me levantar com a mesma vontade que o fazia há já muito tempo. Isso fez-me pensar nos objectivos de vida que sempre tive. E de facto nada estava a ser como eu havia sempre pensado e lutado.

A valorização profissional não surge mesmo sabendo que somos boas naquilo que fazemos. A valorização profissional não surge mesmo sabendo que cumprimos com tudo aquilo que achamos ser correto e perfeito.

Existe algo que me prende a este mundo profissional mas isso já não me faz feliz. Já todos sabem mas nada acontece. Já fiz saber a meio mundo o que deveria ser feito mas ninguém me ouve. Tenho a sorte de estar bem sustentada emocionalmente e de isso não me afectar psicologicamente como pode afetar a muitos. Tenho a sorte de amar de mais a minha família para trazer esses problemas para casa. Foi difícil mas consegui!

Neste momento só quero encontrar o meu rumo, e que dessa forma as minhas necessidades sejam satisfeitas.

Tenho dois filhos, na minha opinião muito bonitos, e gostava muito de voltar a engravidar e tentar a menina. Neste dois anos próximos será muito dificil pois o meu marido foi viver para longe de nós, mas espero que seja a nossa prenda quando ele regressar. O filho mais velho diz que quer ter mais dois manos e que estes cabem bem no quarto dele. Adora ter sempre a casa cheia mesmo que isso implique que não lhe demos muita atenção/miminho. O outro tem dois anos e, por vontade dele, nem o pai me tocava nem dava beijos quando regressa a casa.... ciumento que eu sei lá srsrsrsrrs!!!!

Posto isto, e como já me conhecem mais um bocadinho, espero ganhar desse lado mais força e vontade para poder assumir de uma vez aquilo que quero e que sei fazer.

Bora lá que amanhã pode ser tarde de mais.

beijos

 

 

 

 

publicado às 13:38

Fiquem a seber

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D